Curso em Cidadania Global e migrações Referencial de Formação

DSC01847A globalização, as novas tecnologias de informação e comunicação, as crises financeiras, as assimetrias entre blocos económicos, os conflitos armados e as alterações climáticas, criaram no último século um novo impulso aos movimentos transnacionais de pessoas. Milhões de pessoas deixaram o seu país, por períodos mais ou menos longos, à procura de melhores condições e novas oportunidades de trabalho, de estudo ou até de vida. As sociedades encontram-se cada vez mais interligadas, quer seja ao nível político, económico, social e cultural como ao nível local, nacional e global.

Viver numa sociedade globalizada e em constante mutação implica aprender a cooperar, aceitando a diversidade e a pluralidade de opiniões e culturas como sendo parte constituinte da realidade do mundo de hoje.

Com a formação “Cidadania Global e Migrações“ organizada em parceria com a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, entre os dias 4 a 8 de fevereiro de 2019, foi possível trabalhar as interligações entre estes temas e contribuir para a promoção da Cidadania global junto dos participantes.

Um programa ambicioso, que juntou mais de 30 participantes.

As avaliações do curso são um indicador da qualidade do mesmo.

O curso foi apenas a primeira atividade do projeto Desafios para a Cidadania Global.

____________________________________________________________________________________________

Referencial de formação-ação

Com o referencial de formação-ação desenvolvido no âmbito do projeto, pretendemos propor objetivos de aprendizagem e orientações para em vários níveis de conhecimento que permitam estabelecer as interligações multissetoriais e multidimensionais entre as aprofundadas no estudo das migrações com as temáticas de desenvolvimento trabalhadas em Educação para o Desenvolvimento e a Cidadania Global.

O referencial será estruturado de forma a apresentar propostas pedagógicas trabalhadas no curso de formação, mas também o processo formativo de todo o curso.

Da aliança entre a componente conhecimento – ação resultará um documento inovador na área da promoção da ED. O referencial permitirá:

  • A compreensão de conceitos de baseada EDCG, como a justiça social, a equidade e transformação social;
  • O reconhecimento das principais dinâmicas do processo de Desenvolvimento (causas, consequências e interligações);
  • Abordar as migrações no quadro global. Análise e compreensão da Agenda 2030 (foco nas migrações) como documento orientador de ação;
  • Reconhecer o papel da Educação para o Desenvolvimento e da cidadania Global como potenciador de um processo de transformação social.

A sua abordagem inovadora e funcional permitirá que seja utlizado não só ao nível académico, mas também pelas Organizações da Sociedade Civil, sobretudo as que operam nas áreas das migrações e do desenvolvimento sustentável.

Fiquem atentos! Em breve partilharemos o referencial.

Continue a acompanhar as nossas atividades, siga o #desafiosparaacidadaniaglobal