Projeto Desafios para a Cidadania Global dá a conhecer associações de migrantes em Portugal!

A Casa do Brasil de Lisboa, Fundação Cidade de Lisboa e Associação Batoto Yetu foram as 3 associações com trabalho junto da comunidade migrante que aceitaram o desafio do projeto Desafios para a Cidadania Global de darem a conhecer o seu trabalho. Com as restrições agora impostas pela pandemia COVID-19, as suas portas não estão abertas à nossa visita in loco, mas o seu trabalho será conhecido através de um vídeo, onde as próprias apresentam as suas atividades e instalações.

Estes vídeos dão a conhecer a intervenção destas 3 entidades junto de migrantes, permitindo também conhecer melhor a realidade do seu trabalho. A oportunidade de conhecermos estas associações, permite-nos não só valorizar o seu trabalho para a garantia de sociedades mais justas e inclusivas, mas também aprofundar o conhecimento sobre o contributo das migrações para o sucesso do processo de Desenvolvimento.

Sobre as Associações

Casa do Brasil de Lisboa

É uma associação de imigrantes, com um trabalho ativo na reflexão e implementação das políticas públicas, assumindo um papel fundamental de ativismo e reivindicação de políticas igualitárias para as comunidades imigrantes em Portugal.

Fundação Cidade de Lisboa

Tem o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que tem como principais atividades informar, apoiar e encaminhar os migrantes (NPT) e promover e apoiar iniciativas no domínio do diálogo intercultural.

Associação Batoto Yetu

Batoto Yetu, significa “as nossas crianças” em Suaíli, está reconhecida como Associação de Apoio aos Imigrantes e Seus Descendentes. Dinamiza um Gabinete de Apoio ao Imigrante em que se concede apoio, ações de sensibilização e dinamização de atividades, tendo em vista promover os processos de integração dos cidadãos imigrantes e suas famílias.